Portais da Cidade
Xplosion games

Notícias na 25 de março

Listando: 1 à 5 de 1229
Países do G20 querem imposto único para multinacionais de tecnologia

O G20 (Grupo dos 20), formado pelas maiores economias do mundo, tem planos para implementar um imposto único para multinacionais de tecnologia, como Google, Apple, Facebook etc. Segundo a Reuters, um comunicado do G20 mostra que a taxa digital seria um caminho para bloquear brechas usadas para empresas para fugir de impostos específicos.



Foto: TecMundo

Os EUA têm um medo claro: que exista discriminação contra empresas estadunidenses

A meta é que o G20 consiga se organizar em um consenso até 2020 em uma abordagem de "dois pilares": o primeiro deles seria que os países devem taxar empresas baseados em serviços e bens vendidos, não local físico de onde atua; o segundo pilar seria a garantia de uma taxa mínima global para bloquear estratégias de empresas para fugir do imposto.

Por enquanto, nota a Reuters, os EUA têm um medo claro: que exista discriminação contra empresas estadunidenses. Enquanto isso, países do G7 também têm problemas com o segundo pilar da legislação.

(Fonte: TecMundo) - 10/06/2019
Alexa vai oferecer conversas mais naturais com usuários

O evento re:MARS da Amazon não revelou apenas o fato de que o ator Robert Downey Jr. quer empregar nanotecnologia para limpar nosso planeta. Na ocasião, também foi mencionado que a empresa pretende fazer com que a assistente Alexa passe a ter conversas mais naturais com os usuários.


Foto: TecMundo

Segundo a companhia, a assistente seria capaz de entender com mais facilidade algumas ações para as quais era necessário chamá-la várias vezes. Por exemplo, até o momento, caso precise marcar algum evento, o usuário deve primeiro mencionar um cinema no qual deseja ver um filme e depois procurar por um restaurante por perto de maneira separada, mas isso vai mudar e a Alexa será capaz de manter

o contexto do assunto até ele ser finalizado.

"Estamos pensando em um mundo onde os usuários vão conversar mais naturalmente com a Alexa: transições sem interrupções, fazer perguntas, realizar escolhas e falar da mesma forma como se fosse com um amigo, membro da família ou colega de trabalho. Nosso objetivo é tornar tudo mais direto entre o consumidor e a Alexa", explicou Rohit Prasad, vice-presidente e chefe dos cientistas que

trabalham com a assistente.

Vale mencionar, ainda, não há uma data para que essa novidade esteja disponível para os usuários da assistente da Amazon. É sabido apenas que esse sistema deve ser implementado nos próximos meses, inicialmente nos Estados Unidos.

(Fonte: TecMundo) - 10/06/2019
Adeus, iTunes: Apple substitui o serviço por três aplicativos

Com a nova estratégia, a marca estaria aproximando a experiência do Mac à descentralização do iPhone e do iPad

A Apple vai encerrar o iTunes. Nesta segunda-feira, 3, durante evento para desenvolvedores na Califórnia, nos Estados Unidos, a empresa anunciou que vai desmembrar seu serviço de streaming e armazenamento de conteúdo em três aplicativos diferentes: Podcasts, TV e Música. A novidade estará disponível na próxima versão do sistema operacional do computador da Apple, o macOS.

Com a nova estratégia, a marca estaria aproximando a experiência do Mac à descentralização do iPhone e do iPad - esses dispositivos já possuem os três aplicativos em questão. A ideia também é possibilitar aos usuários a sincronização manual entre o iPhone e outros dispositivos iOS.

O fim do iTunes representa o enfraquecimento da era de downloads. Apesar de aplicativos com o Apple Music e o Apple TV permitirem que o usuário compre e faça download de conteúdo, a essência das plataformas é a assinatura de streaming.

A Apple afirma que o iTunes para o sistema Windows também receberá atualizações.

O iTunes foi lançado em 2001 e funcionava como biblioteca para músicas, vídeos e podcasts desde então, sendo um dos responsáveis pela era do mp3.

(Fonte: Redação Link) - 03/06/2019
Gameplay de Minecraft Earth, com realidade aumentada, é mostrado na WWDC

Já havíamos contado que a Microsoft iria lançar uma versão do game Minecraft em realidade aumentada para comemorar os 10 anos do jogo: o Minecraft Earth. Agora, durante a WWDC 2019 — a convenção anual para desenvolvedores da empresa —, pudemos ver um pouco mais como isso vai funcionar.

O jogo funciona usando realidade aumentada da mesma maneira que acontece com Pokémon Go: a tela do celular compreende aquilo que enxerga nos arredores usando a câmera e insere elementos virtuais — no caso de Minecraft, os cubinhos e personagens do game. Usando o smartphone você pode interagir com as estruturas assim como faz no jogo "normal".



Foto: TecMundo

Na WWDC 2019, pudemos ver um pouco do gameplay e como as imagens aparecem no nosso celular interagindo com o mundo real. Também deu para ver como funciona o jogo com mais de um jogador — e você pode ver o que estão fazendo no cenário em tempo real. A Microsoft deve lançar um Beta de Minecraft Earth ainda no terceiro semestre de 2019, mas ainda não há data de liberação geral para o público.

Confira o gameplay completo na transmição do TecMundo da WWDC 2019:

(Fonte: TecMundo) - 03/06/2019
Elon Musk ganhou mais dinheiro em 2018 do que outros 65 CEOs juntos

CEOs de grandes empresas conseguem faturar uma quantia considerável de dinheiro todos os anos, mas Elon Musk, o CEO da SpaceX e da Tesla, superou as expectativas de todo mundo. Isso porque, de acordo com um novo relatório financeiro, Musk conseguiu sozinho ganhar mais dinheiro que os outros 65 CEOs mais bem recompensados em 2018 juntos.

De acordo com um estudo feito pelo jornal The New York Times, Elon Musk faturou em 2018 US$ 2,3 bilhões (aproximadamente R$ 9,25 bilhões), a maioria em ações da Tesla. O segundo CEO mais bem pago do ano passado foi David M. Zaslav, da Discovery, que conseguiu US$ 129 milhões (aproximadamente R$ 776,3 milhões).

A diferença é tão grande que foi necessário somar outros executivos para chegar na mesma marca que Musk. Ao todo, juntando os 65 CEOs mais bem pagos de 2018 depois de Elon Musk, o valor alcançado é de US$ 2,279 bilhões, um valor ainda inferior ao do CEO da Tesla.

Imagem: Reprodução/Getty Images


Foto: TecMundo

O valor da compensação anual de Elon Musk é incomum, sendo que foi aprovada em uma reunião da junta de diretores da Tesla em março de 2018, que apresentava essa premiação ao CEO caso a empresa alcance algumas marcas no mercado de capitalização ao longo de uma década. Após a publicação do NYT, a Tesla fez um comunicado sobre a compensação, afirmando que o valor real é de US$ 0, já que Musk não recebe salário ou bônus com o passar do tempo.

De acordo com a empresa, a única compensação do CEO é uma premiação de alto risco baseado na perfomance da empresa, de acordo com ambiciosas metas, como dobrar a capitalização da Tesla de 40 bilhões de dólares para 100 bilhões de dólares.

Mesmo com esse valor na conta bancária, Musk teve um 2018 bastante tumultuado na empresa, sendo o centro de investigações e batalhas legais relacionadas aos seus negócios. As ações da Tesla caíram ao longo do ano passado, algo que vem continuando ao longo dos meses de 2019.

(Fonte: TecMundo) - 28/05/2019
Listando: 5 de 1229

Anuncie

Sobre o Portal da 25

O Portal da 25 foi lançado em 01 de maio de 2001, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua 25 de março no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para área pessoal e doméstica.