Portais da Cidade
Xplosion games

Notícias na 25 de março

Listando: 1236 à 1240 de 1299
PC compacto brasileiro tem elegância e desempenho

Na recente safra de lançamentos das fabricantes brasileiras, o Novadata Advanced M1500 é um dos modelos mais simpáticos. Com

dimensões reduzidas e desenho arredondado, o micro de mesa é mais parecido com um eletrodoméstico do que com um computador.

Longe do monitor, pode ser facilmente confundido com um aparelho de som.

Seu repertório de funções, que inclui a leitura de cartões de memória e controles externos para controlar a exibição de

conteúdo multimídia, também ajuda a manter essa impressão.

Beleza e silêncio

Com acabamento em tom prateado, o micro tem nas suas laterais áreas para a ventilação que não deixam a máquina se aquecer em

demasia. Outro detalhe que favorece o silêncio e a baixa temperatura do Advanced M1500 é o fato de a sua fonte de energia

ser externa, como acontece nos notebooks.

Na parte frontal do modelo, há um par de entradas para dispositivos USB, e outras duas para fones de ouvido e para o

microfone. Mais um capricho é o visor monocromático de fundo azul, que exibe um relógio ou as informações sobre a música que

está sendo tocada.

Tanto as entradas para cartões quanto as entradas para os fones têm tampas que, quando fechadas, deixam a aparência do

aparelho mais harmoniosa.

Mesmo com tanta atenção ao acabamento, os acessórios que acompanham o Advanced M1500 (mouse, teclado e par de alto-falantes)

são de tamanho normal, o que prejudica a estética do conjunto. Se a fabricante oferecesse periféricos menores, seria ainda

mais fácil carregar o PC em uma mochila.

Por dentro

Os recursos do micro são suficientes --ainda que não ideais-- para quem pretende realizar tarefas como ouvir músicas,

assistir a filmes, navegar na internet e usar programas de escritório. O mesmo não pode ser dito para os usuários mais

exigentes, como aqueles que gostam de jogos com recursos gráficos sofisticados ou quem precisa baixar e gravar filmes.

O computador vem com apenas 256 Mbytes de memória RAM e 80 Gbytes de espaço no disco rígido. Essas duas configurações podem

ser melhoradas, mas o investimento deve ser feito após a compra e implica gastos adicionais. Possuir apenas gravador de CDs

é mais uma limitação que um modelo projetado para ser moderno não deveria ter.

(Fonte: JULIANO BARRETO da Folha de S.Paulo) - 11/08/2006
Usuários de câmeras digitais não fazem backup

SÃO PAULO - Três em cada 10 pessoas no Reino Unido correm o risco de perder suas fotos digitais caso seu computador ou câmera digital sejam roubados ou danificados, como comprovou um estudo feito pela empresa de pesquisas YouGov a pedido da fornecedora de softwares de segurança Symantec.

A companhia norte-americana, que também desenvolve e comercializa aplicativos de backup, encomendou o estudo para mostrar que o mau hábito de não gerar backups de dados importantes, uma constante entre usuários de computadores em geral, se estende aos donos de câmeras digitais

De acordo com a pesquisa, a média é de 10 fotos digitais tiradas por mês, mas 77% dos usuários nunca gera uma cópia de segurança das imagens. Dos 2227 consumidores entrevistados, 89% têm uma câmera digital ou um telefone com câmera embutida, e 40% imprimem pelo menos uma em cada quatro fotos digitais que tiram, mas 30% nunca imprimem nenhuma foto.

Estes consumidores preferem exibir as imagens pessoais em Pcs ou Tvs, em vez de mostrá-las em papel e álbuns convencionais. Outra descoberta da pesquisa é que 17% dos usuários já confiam na cópia online de suas fotos em serviços como o Flickr e Photobucket, que permitem às pessoas compartilhar imagens pela internet. Quase 40% disseram que usam o e-mail como a plataforma principal para mandar imagens para amigos.

´Seqüestro digital´

A pesquisa confirma outro estudo, desta vez da empresa de pesquisas Forrester, do início de 2005, e que indicava que 75% dos usuários de fotos digitais nunca faziam backups de suas imagens.

Sem uma cópia de segurança, o acervo de imagens dos usuários corre o risco de ser perdido por falhas em sistemas, pelo roubo de computadores ou mesmo pelo ataque de vírus que atacam fotos digitais.

Alguns destes vírus, alertam a companhia, são enviados por hackers que encriptam os dados dos usuários (embaralhando os dados dos discos rígidos), só liberando o acesso às informações pessoais mediante um pagamento em dinheiro, num esquema semelhante a um ´seqüestro digital´.

A empresa, claro, chama a atenção dos usuários para que adotem a cópia de segurança como uma ação rotineira para preservar fotos e outros arquivos importantes.

Veja abaixo links para outras matérias que falam sobre compartilhamento de fotos pela internet e como fazer cópias de segurança de seus arquivos de imagem.

(Fonte: Alexandre Barbosa do Estadão) - 05/08/2006
Empresa lança telefone celular que pode ser usado na rede fixa

A Brasil Telecom lançou hoje em Brasília um telefone celular que pode ser usado também na rede de telefonia fixa.

O aparelho, que pode custar de R$ 600 a R$ 900, dependendo do plano de serviços da telefonia fixa e móvel, escolhe automaticamente entre as redes fixa e móvel para completar as chamadas, fazendo a escolha de acordo com o que for mais barato para o usuário.

Além do telefone celular, um Motorola V3, o equipamento inclui também uma espécie de modem, um ponto de acesso, ao qual podem ser cadastrados até três celulares diferentes.

Ao lançar o produto, com uma disponibilidade inicial de 10 mil aparelhos, a BrT pretende estimular a fidelidade dos clientes da telefonia fixa e elevar a participação da BrT Celular no mercado, por meio da oferta de novos serviços e do uso mais eficiente das redes fixa e móvel.

Segundo o diretor de marketing da empresa, Ricardo Couto, a economia nas chamadas do celular para um telefone fixo pode chegar a 84%, já que uma ligação de móvel para fixo custa em média R$ 0,68 e entre telefones fixos sai por R$ 0,11, aproximadamente.

O telefone ´Único´, como será chamado o produto, funciona quando o celular estiver em um raio de 100 metros da base. Quando estiver próximo à base (ponto de acesso) o celular passa a receber também as ligações destinadas ao telefone fixo, como uma extensão.

Se a distância for superior a 100 metros, o telefone funciona normalmente como um celular, mas deixa de receber as ligações destinadas ao número fixo, que podem ser atendidas apenas pelo aparelho fixo.

Entretanto, o aparelho responsável pelo encaminhamento das chamadas nas redes fixa ou móvel pode ser levado de casa para o escritório, de acordo com o perfil de consumo do usuário.

Couto explicou que o produto é destinado principalmente a pessoas que usam muito o telefone celular para fazer ligações para telefones fixos, caso de pequenas empresas e também clientes residenciais. Segundo ele, cerca de 40% de uma conta média de R$ 100, por exemplo, correspondem aos custos de chamadas para celulares.

O uso do produto deverá elevar o tráfego de chamadas pela telefonia fixa, aumentando a eficiência da rede instalada da BrT. Por outro lado, as BrT Celular deverá ganhar mais espaço em suas redes para agregar novos clientes.

O produto deverá chegar às lojas do Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Paraná nesta quinta-feira, em Santa Catarina e Goiás, no dia 10, no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul na semana seguinte e no Acre, Rondônia e Tocantins no dia 24 de agosto.

Brasil fechará 2006 com 4,1 milhões de usuários de banda larga

SÃO PAULO - A empresa de pesquisas e-Consulting divulgou um novo estudo sobre o acesso rápido à Web no Brasil, que indica que o País terá 4,1 milhões de usuários de banda larga até o final do ano.

A taxa de penetração será de 2,3% da população (base de 180 milhões) e de 12,9% dos usuários de internet. A empresa projeta ainda o crescimento na base de usuários de Web no Brasil para 31,8 milhões até o final deste ano.

“Esse percentual já supera o do México, mas ainda é menor do que o registrado na Argentina e no Chile. A Coréia do Sul é a líder mundial, com 27% de penetração”, explica Daniel Domeneghetti, coordenador de pesquisas estratégicas na E-Consulting.

“O mercado brasileiro de banda larga movimenta hoje US$ 1,3 bilhão, total repartido entre operadoras - em torno de 75% do total - e provedores de internet”, acrescenta Domeneghetti.

Segundo estimativas da E-Consulting, o Brasil deve totalizar 8,3 milhões de usuários conectados em banda larga em 2008.

A empresa prevê que o mercado alcance U$ 2,1 bilhões entre utilização residencial e corporativa.

(Fonte: Estadão) - 30/07/2006
Criadores do Skype distribuirão TV pela Web

SÃO PAULO - Primeiro eles criaram o Kazaa, ferramenta de troca de arquivos pela internet. Que venderam para a Sharman Networks, embolsando uma pequena fortuna no processo.

Depois, eles criaram o Skype, popular software de VoIP, que foi vendido mais tarde para o site de leilões online eBay pela bagatela de US$ 2,6 bilhões.

Nova fortuna no bolso, bastava sossegar e curtir a vida, certo?

Não foi essa a resposta dos desenvolvedores Niklas Zennstrom e Janus Friis, que estão usando o princípio de ferramentas distribuídas (base do Kazaa e do Skype) para a distribuição de arquivos de vídeo pela Web.

O chamado "Venice Project" (Projeto Veneza), que já está empregando várias equipes de programadores distribuídas nos EUA e Europa, quer fazer com o vídeo, o que o Kazaa fez com a música: facilitar a distribuição de filmes e outros conteúdos pela internet.

A plataforma, ainda em desenvolvimento, poderá ser usada também para distribuir conteúdo da TV pela Web. Segundo artigo publicado na revista Business Week, redes de TV nos EUA já teriam demonstrado interesse na aplicação, e não está descartado um hipotético aporte de capital por parte do eBay no projeto.

Distribuição

O Projeto Veneza vem a público em um momento de inflexão para os estúdios de cinema e redes de TV, que se debruçam sobre diversas novas iniciativas de distribuição de vídeo, em busca de novos caminhos para a distribuição e venda de seus acervos.

É esta demanda que tem chamado a atenção para serviços como o portal YouTube, a loja virtual iTunes, que começou a vender episódios de seriados antigos na internet, além de inúmeros outros sites onde é possível comprar e baixar filmes, legalmente, pela internet.

O próprio Skype, aliás, já demonstrou a viabilidade de distribuir programação televisiva ao vivo, pela internet, por meio de seu recurso integrado de videoconferências.

Contudo, ainda não há previsão para um anúncio oficial das ferramentas ou como funcionará a plataforma do Projeto Veneza.

(Fonte: Alexandre Barbosa do Estadão) - 29/07/2006
Listando: 1240 de 1299

Anuncie

Sobre o Portal da 25

O Portal da 25 foi lançado em 01 de maio de 2001, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua 25 de março no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para área pessoal e doméstica.