Portais da Cidade
Xplosion games

Notícias na 25 de março

Listando: 1241 à 1245 de 1287
Copa do mundo explode acessos na Web

SÃO PAULO - Centenas de milhares de fãs lotaram aviões, largaram sua casa e amigos para trás, pediram férias e alguns até demissão de seus trabalhos. Tudo isso para conseguir assistir ao vivo os jogos da Copa do Mundo na Alemanha.

Mas outros tantos que não tiveram a mesma coragem (ou sorte), preferiram ficar em casa e assistirão à cobertura do torneio pela Web.

De acordo com uma pesquisa da comScore, o mês de abril registrou cerca de 5,7 milhões de usuários acessando o site oficial da Fifa, contra 4,2 milhões no mês anterior.

"Os números de abril mostram que mesmo a semanas do começo da Copa, o fluxo de visitantes no site da Fifa demonstra a popularidade do campeonato e o potencial da internet, como um canal de marketing para alcançar uma audiência global", disse Bob Ivins da comScore na Europa.

Do continente europeu vieram os maiores números de acesso em abril, com 51% da quantidade de acessos, totalizando quase 3 milhões de pessoas.

A segunda maior região em níveis de acesso foi a da Ásia-Pacífico, com 17% do total, ou cerca de 1 milhão de internautas. O tráfego da América Latina foi de 12%, e apenas 10% dos visitantes eram da América do Norte.

Falta de interesse

Mas as pesquisas da comScore também encontraram números baixos de interesse na copa por parte dos EUA, sendo que em outras pesquisas da empresa Global Market Insite (GMI) divulgou que do total de "fãs" americanos de futebol 56% deles não sabia que a Copa seria realizada na Alemanha, e apenas 10% pretendem acompanhar os jogos.

A GMI também divulgou que mais de 95% de todos os fãs de futebol no mundo irão acompanhar a copa pela televisão, com a grande maioria (93%) escolhendo assistir em suas próprias casas.

(Fonte: Estadão ) - 11/06/2006
"Pai da internet" prevê explosão de serviços disponíveis on-line

O norte-americano Vinton Cerf, 62, atraiu a atenção de diversos representantes do setor de tecnologia nesta semana, em visita ao Brasil. Seu currículo justifica o interesse: considerado um dos pais da internet, o atual vice-presidente do Google e presidente da Icann (sigla em inglês para Corporação da Internet para Nomes e Números Designados) tem bagagem para falar sobre o histórico da rede e também os rumos que ela deve tomar nos próximos anos.

Vice-presidente do Google e presidente da Icann, Cerf é considerado "pai da internet"
O especialista prevê uma explosão na oferta de serviços disponíveis on-line. "Já estamos vivendo uma fase de transição, em que a internet deixa de ser uma rede de conexão de dados e pessoas para tornar-se uma ´rede de todas as coisas´", afirma.

Sua afirmação pode ser exemplificada com a disponibilidade, em um futuro próximo, de diversos produtos compatíveis com a internet. Uma máquina de lavar roupas hi-tech, por exemplo, poderá decidir o melhor ciclo de lavagens e quantidade de sabão para aquela peça de roupa manchada, quando o usuário especificar seu problema no site do fabricante.

Considerado um visionário, o cientista reforça a necessidade da inovação para que empresas consigam "formatar" modelos de negócio tirando melhor proveito da tecnologia. Como casos de sucesso, ele cita o iTunes (loja virtual da Apple que fornece conteúdo para o toca-MP3 iPod) e também a Netflix (locadora de DVDs em que os filmes escolhidos via internet são enviados pelo correio).

Nova geração

A explosão de serviços on-line e conectividade deve ganhar força com a chegada ao mercado de trabalho dos jovens que atualmente se divertem com os MMORPG (sigla em inglês para RPG on-line, ou jogos que permitem a interação entre diversos usuários). "Eles estão acostumados com a interatividade e reforçarão este conceito dentro das empresas", diz.

Ainda falando sobre comportamento, Cerf descarta que a internet tenha tornado as pessoas mais hábeis para realizar diversas atividades simultaneamente. Segundo ele, esta capacidade é mais evidente entre os jovens, que são "multifuncionais" por natureza. "Pode ter certeza que, com a idade, as coisas vão ficando mais difíceis", afirma o bem-humorado cientista que se auto-intitula "o funcionário mais idoso do Google".

No Brasil, para onde veio diversas vezes desde 1975, ele também divulgou o projeto de internet interplanetária, que ajuda a desenvolver no Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa. O objetivo dos pesquisadores envolvidos neste projeto é juntar os planetas do Sistema Solar com a internet terrestre até 2010.

(Fonte: JULIANA CARPANEZ da Folha Online) - 11/06/2006
Negroponte rebate crítica de Gates a laptop de US$ 100

Nicholas Negroponte, professor do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) e fundador do projeto "Um Laptop por Criança", rebateu ontem críticas feitas pela Microsoft e pela Intel ao laptop de US$ 100, que deve ser distribuído a estudantes de países em desenvolvimento.

No encontro LinuxWorld, sobre programas de código aberto, Negroponte disse que, "quando a Intel e a Microsoft te criticam, você sabe que está fazendo algo certo".

"O laptop de US$ 100 é um projeto educacional, e não um projeto para um laptop", disse o professor. Ele disse também que a Microsoft está trabalhando para desenvolver uma versão do Windows CE que rode no laptop. "Então para que nos criticar em público?"

Bill Gates, da Microsoft, havia criticado o laptop por ter uma tela muito pequena e por não ter um disco rígido.

Leia mais
Governo negocia fabricação do laptop de US$ 100 no Brasil

(Fonte: da Folha de S.Paulo) - 04/06/2006
Magazine Luiza oferece 1.000 PCs com modelo "pré-pago"

A Microsoft anunciou nesta segunda-feira a segunda fase de um projeto para a aquisição de computadores "pré-pagos". O sistema "pague o quanto usa" foi iniciado em abril de 2005, quando a rede varejista Magazine Luiza vendeu 1.000 destas máquinas em 15 cidades do interior de São Paulo. Nesta segunda fase são mais 1.000 máquinas (veja como comprar.)

Segundo a Microsoft, este sistema é possível por conta de uma combinação de software e hardware chamada FlexGo. Ela funciona com fichas de crédito, também vendidas no Magazine Luiza, que liberam o uso da máquina. O tempo de uso disponível aumenta toda vez que o usuário compra um novo cartão e digita seu código.

A iniciativa com foco na inclusão digital permite que o consumidor financie junto ao HSBC cerca de 50% do valor do computador no ato da compra. O restante será pago com esses cartões, que liberam o uso do PC até a conclusão de seu pagamento. Os cartões irão variar de 1 a 120 horas, sendo que o valor de cada hora ainda não foi definido.

O Microluiza Pré-Pago, que faz parte deste programa, tem processador de 1,1 GHz, 512 MB de memória, HD de 40 GB, gravador de CD, leitor de DVD, monitor de 17 polegadas, placa de rede, teclado, mouse e sistema operacional Windows XP Home.

"Há mais de 1 bilhão de celulares pré-pagos no mundo atualmente. Este modelo de pagamento já é bem conhecido, adequado e dá bons resultados", afirmou Will Poole, executivo da Microsoft. Nos próximos meses, este novo sistema também estará disponível na Índia, México, Rússia e China.

Entre os parceiros da Microsoft para esta iniciativa estão Intel, AMD, Lenovo e HSBC Brasil, entre outros.

(Fonte: da Folha Online) - 04/06/2006
Com medo de fraude, internautas monitoram conta corrente

Cerca de 73% dos internautas norte-americanos com mais de 18 anos afirmam monitorar suas contas correntes em busca de

movimentações suspeitas. Esta "vigilância" é apontada como a medida mais popular para evitar roubo de identidade, segundo um

estudo da Harris Interactive feito em parceria com a edição on-line do "Wall Street Journal".

Nesta lista de prevenções também aparecem alternativas como limitar as compras feitas on-line (30%), limitar as transações

financeiras feitas via internet (24%) e contratar um serviço de monitoramento de crédito (8%). Dos 2.120 entrevistados, 8%

dizem não ter adotado nenhuma medida para prevenir o roubo de identidade.

Quando piratas virtuais conseguem obter informações confidenciais de internautas, podem se passar por estas pessoas

realizando, por exemplo, transações financeiras não-autorizadas.

Para fazerem isso na internet, geralmente utilizam um golpe conhecido como phishing scam, baseado em e-mails fraudulentos que

sugerem downloads ou visitas a sites maliciosos. Quando o internauta segue as sugestões, baixa involuntariamente em seu

computador um software espião que repassa dados a pessoas mal-intencionadas.

Cerca de 83% dos adultos norte-americanos já receberam mensagens suspeitas em nome dos bancos nos quais têm contas. Destas

vítimas em potencial, 52% apagaram as mensagens, 39% entraram em contato com as instituições financeiras para confirmar a

procedência do e-mail e 3% admitem ter clicado no link sugerido.

(Fonte: da Folha Online) - 29/05/2006
Listando: 1245 de 1287

Anuncie

Sobre o Portal da 25

O Portal da 25 foi lançado em 01 de maio de 2001, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua 25 de março no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para área pessoal e doméstica.